Televisão: Once Upon a Time

Durante a nossa infância inteira ouvimos contos de fada e sonhamos um dia com suas histórias. Sabemos que a maior parte delas foram adaptadas para o público infantil e que, na verdade, possuem um clima de terror. Inúmeras foram as adaptações e releituras feitas. Agora, uma série recheada daqueles adoráveis personagens, ou não tão adoráveis assim.





Imaginem uma cidade povoada por todos esses seres conhecidos, mas que não sabem sua verdadeira história. Agora imaginem que somente a bruxa má sabe a verdade e controla todos ali. Pois é. A série se passa em Storybrook, com pessoas que um dia já tiveram seu final feliz, mas que foram amaldiçoadas há muito tempo e se esqueceram de tudo. Atualmente elas vivem como humanos normais, embora, um dia já tenham feito parte das histórias do livro do pequeno Henry Mills. As coisas, no entanto, começam a mudar com a chegada de Emma Swan, mãe biológica do menino e, segundo ele, única capaz de salvá-los da maldição lançada por sua mãe adotiva - a rainha má.
A série é muito viciante. Você começa achando que não terão tanta história para contar e que será o clássico clichê dos contos de fada. Mas os detalhes e segredos são revelados somente aos poucos, intercalando com a história de famosos personagens tanto no mundo fantasia quanto no mundo real. Dá uma agonia não saber quando eles finalmente descobrirão a verdade e saber somente os vilões e a criança - que todos pensam estar fantasiando - têm esse conhecimento. Os personagens são apaixonantes. E não tem como não torcer para que os personagens finalmente encontrem o seu final feliz.




Nenhum comentário:

Postar um comentário